Confira

Confira

11

mar 2016

Concurso promove o trabalho das mulheres no setor de segurança

em Dicas e Notícias

Segundo o Ministério do Trabalho, dos 251 mil vigilantes cadastrados apenas em São Paulo, cerca de 30 mil são mulheres. Na área de capacitação, dados da FORMUSSEG – Academia de Formação de Vigilantes, mostram que 15% dos matriculados são mulheres. Com objetivo de enaltecer essa força feminina no setor de segurança e escolher uma profissional de destaque para representar uma categoria que vem crescendo a cada dia, o concurso Miss Segurança realiza sua segunda edição em 2016.

“Visamos ressaltar o valor da mulher em um cenário que sempre foi predominantemente masculino. Hoje é comum encontrarmos as vigilantes prestando serviços em bancos, indústrias, condomínios e shoppings, exercendo seu papel com extrema eficiência, comprometimento e atenção no trato com o público. Destaco também a participação feminina nas áreas administrativa e operacional, além das executivas e empresárias neste setor”, afirma Fernando Amorim, da Novo Convênio Saúde e Auditorias em Benefícios, empresa realizadora e organizadora do concurso.

Para participar do concurso, a candidata precisa ser registrada em empresas de segurança privada, pessoal, escolta, segurança eletrônica ou em cursos de formação, comprovando o vínculo empregatício junto aos auditores e ter idade mínima de 18 anos. Com inscrições já abertas, o cadastro pode ser realizado até dia 07 de maio, através do site www.novoconvenio.com.br.

Todas as candidatas inscritas terão suas fotos divulgadas no site da empresa organizadora e receberão os votos pela web, sendo válido apenas um voto por IP. As 10 mais votadas participarão da grande final em São Paulo, para a escolha do júri, durante a EXPOSEC | International Security Fair, que acontece de 10 a 12 de maio, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, na cidade de São Paulo. O resultado final será no último dia do evento, 12 de maio, às 17h.

Para Ereni Ribeiro Tinoco, diretora do Grupo Muralha, a mulher vem ganhando destaque no mercado de trabalho. “Tem sido crescente a procura pelo perfil feminino. Isso se deve ao interesse das empresas por uma abordagem mais suave em situações onde o contato com o público é direto, como em recepções, portarias, condomínios de alto padrão, maternidades, entre outros. O interesse das mulheres nesse mercado ainda é recente, mas uma profissional bem treinada cumpre seu papel com a mesma eficiência que o homem”, diz. Segundo a executiva é nesse contexto que o Miss Segurança tem papel fundamental. “O concurso coloca a vigilante em destaque, o que colabora para uma aceitação cada vez maior da sociedade. Além disso, mostra que apesar da seriedade da atividade, elas se mantêm delicadas, femininas e cuidadosas com a aparência”, comenta Ereni.

Como prêmio, a vencedora receberá R$1.400,00, duas diárias com acompanhante em um hotel fazenda, um dia de beleza (na região onde mora) e uma cesta de cosméticos. A segunda colocada levará para casa R$600,00 e as demais finalistas receberão uma cesta de cosméticos.

Michele Lana, segurança patrimonial e uma das candidatas desta edição, destacou também a dupla jornada das mulheres. “Além do trabalho, temos de cuidar da casa, dos filhos, do marido e também de nós mesmas. Pouca gente sabe como é a rotina de uma vigilante e o concurso vem mostrar que, apesar dos desafios, somos grandes profissionais.”

Fonte: www.revistasecurity.com.br

Por favor, selecione a rede social que você quer compartilhar essa página com:

Nós gostamos de você também :)
Notícias Similares
Atendimento Via WhatsApp